quinta-feira, 20 de março de 2008

Dia Mundial da Poesia*



Legenda



Nada garante que tu existas



Não acredito que tu existas




Só necessito que tu existas




David Mourão-Ferreira



Apaixonei-me por este poema há anos à porta d' Os Fazedores. Desde então que o colo na parede das mil e umas casas por onde já passei. Um dia vou pintá-lo numa parede que seja mesmo minha.

* Eu sei que não é hoje mas também sei que amanhã não vou poder postar nada. E, para além disso, a poesia devia comemorada como o Natal, quando um homem/mulher quiser.

2 comentários:

pilufa disse...

fofinha, pah!

(L)

v. disse...

também ainda me lembro desses versos na porta dos fazedores (de tantas vezes que os li...). :)