terça-feira, 12 de dezembro de 2006

O melhor dos subúrbios

Olho ao relógio e são 13h18, hora de fugir do escritório, o mais depressa possível. Pego no super S. e arranco sem saber, ainda, onde vou almoçar. Não me apetece almoçar sozinha e, pior, num sítio qualquer fechado, cheio de gente e de barulho. E, de repente, faz-se luz. Ordeno o super S. que se encaminhe para o McDrive mais perto e compro uma dose de calorias e celulite. Lá vou eu pela marginal, pim pim pim, até escolher um sítio fofinho para parar o super S. Depois? Fiquei a regalar-me durante uma hora, a levar com sol na trombinha e a olhar para o mar como se fosse a primeira vez que tinha visto tanta água junta. Resultado: estou no escritório como se tivesse andado a cheirar pózinhos mágicos...rio-me à parva e não páro de cantar e dançar ao som da música pimba que sai de uma televisão sintonizada na TVI.
É uma terapia a repetir muitas mais vezes...:)

5 comentários:

patiloca disse...

pim pim pim?? LOOL opa.. q gorda mais GORDA!

vivó super S.!!

e a comida d plástico tb, claro.. :D


**

Vera disse...

um beijinho daqui de outro subúrbio para esse subúrbio daí.
saudadinhas suburbanas ***

Pilipa disse...

Patiloca: Gorda mais gorda? Lindo! (L)

Vera: Bixu, há tanto tempo...Beijinhos suburbanos!:)

Madeline disse...

Eh laaaaaa.. eu tinha comentado neste post ontem à noite!
Cadê o meu comentário fofinho? BAH!

Pilipa disse...

Madeline: Oh o comentário era fofinho? Cadê ele? Comentáriiooooooooooooooooo!!!